Você pesquisou os bairros da cidade, visitou vários imóveis e finalmente conseguiu encontrar um local que despertasse o seu interesse na hora de alugar. O seu desafio, agora, é o seguinte: como conseguir um fiador?

Pois é, conseguir alguém que aceite ser avalista de um negócio é sempre uma tarefa delicada, pois pode trazer prejuízos no âmbito pessoal, fazendo com que amigos e familiares se desentendam.

Para que você não passe por situações estressantes, resolvemos ajudá-lo, dando algumas dicas. Boa leitura!

Entenda o perfil ideal para ser um fiador

Para poder ser aceito nessa negociação, o candidato a fiador precisa atender a determinadas regras impostas pela imobiliária. O fiador existe para garantir ao proprietário do imóvel que ele não será lesado ou terá prejuízos ao alugar para determinada pessoa.

Portanto, entenda quais são as exigências impostas e, só depois de conhecê-las, busque o fiador. Isso é importante por dois motivos: evita que a pessoa que está lhe ajudando sinta-se constrangida, caso não tenha as características necessárias (renda insuficiente, por exemplo) e faz com que você não perca tempo convencendo alguém que, no final das contas, não poderá ser o seu fiador.

Não seja imaturo

Como conseguir um fiador é uma tarefa necessária para que você feche um negócio, é importante que você entenda que nem todo mundo estará disposto a arriscar o seu dinheiro para fazê-lo.

Nesse caso, coloque-se no lugar de vítima, criando caso por que alguém não aceitou ser o seu fiador. A outra pessoa tem esse direito, não é mesmo?

Opte pela sinceridade

“Alugar uma casa” é uma informação fria, sem nenhum componente emocional. Conte a história completa, como: “preciso me mudar para Divinópolis porque passei no vestibular”. Assim, o seu futuro fiador entenderá a importância da mudança, ficando mais propenso a ajudá-lo.

Dê as garantias necessárias

Informe qual é o seu salário e a sua ocupação, de modo que o fiador se sinta seguro a ajudá-lo. Além disso, mostre que você está alugando um imóvel compatível com a sua renda.

As pessoas ficam reticentes em aceitar esse convite caso notem que o imóvel alugado é muito caro, não sendo compatível com a renda do locatário. Se você for dividi-lo com alguém, apresente essa pessoa ao fiador para que ele se sinta mais seguro.

Se tudo der errado, acalme-se

A Lei do Locatário estabelece a apresentação de um fiador como uma das formas de garantia em aluguel. Contudo, esse não é o único jeito de atestar credibilidade financeira nessa negociação. Títulos de capitalização, depósito caução e seguro fiador são opções populares (e legais) para ajudar as pessoas que não conseguiram um avalista.

Dentre essas alternativas, a mais simples é o seguro aluguel. Ele funciona de forma semelhante a um seguro residencial. Caso o inquilino tenha dificuldades financeiras, o seguro beneficiará o locador, pagando o aluguel.

Como vimos, conseguir um fiador pode ser uma tarefa e tanto, mas não deixe que isso prejudique esse momento tão especial da sua vida. Alugar um imóvel e poder ter um lugar só seu é uma grande conquista pessoal.

Agora que você entendeu como conseguir um fiador, que tal pesquisar os melhores imóveis em Divinópolis e região?

Nossos consultores podem ajudá-lo a alugar o imóvel certo para você. Entre em contato com a nossa equipe!

Escreva um comentário