Ter a casa própria é o sonho de muitas famílias brasileiras. Entretanto, muitos têm dúvidas e carecem de informações necessárias para se sentirem seguros em deixar o aluguel ou casa dos pais, e comprarem suas próprias casas. Neste artigo, falaremos brevemente sobre uma das formas de executar essa ação: o financiamento de casa.

Dessa forma, iniciaremos o texto falando sobre do que se trata o financiamento e como ele funciona. Em seguida, abordaremos as principais dúvidas sobre o tema e informações pertinentes para esclarecê-las. Continue lendo este texto e saiba mais sobre financiamento de casas!

Saiba o que é financiamento de casa e como ele funciona

O financiamento imobiliário funciona da seguinte forma: a instituição financeira, em sua grande maioria bancos, faz a compra do imóvel diretamente com a construtora ou incorporadora dona do empreendimento. Após essa compra à vista, ela libera o imóvel para você e cobra o valor que pagou, acrescido de uma taxa de juros mais a correção da inflação.

São vários os modelos de financiamento e os juros costumam variar de acordo com o número de parcelas, valor total de entrada, assim como as garantias que podem ser dadas para a instituição financeira.

Veja quais são as principais dúvidas que surgem na hora de financiar um imóvel

No tópico anterior, apresentamos do que se trata o financiamento de imóveis e como ele funciona. Agora, abordaremos as principais dúvidas que as pessoas têm e discorreremos sobre o assunto. São elas: complexidade do financiamento, como conseguir a aprovação, vantagens, riscos e escolha da modalidade de financiamento e instituição.

Complexidade do financiamento

A complexidade do financiamento vai depender de cada instituição e de cada modelo que a instituição oferece. Cabe a você analisar cada um e identificar aquele que fica mais em conta. Caso não esteja familiarizado com o assunto, sugerimos que você realize uma consultoria com um profissional da área, como um corretor.

Como conseguir a aprovação

Para o seu financiamento ser aprovado, a instituição tem autonomia para fazer a análise dos seus dados. Para isso, você deve entregar alguns dos seus documentos para fazer a requisição do financiamento, como CPF, RG, Certidão de Casamento, comprovante de endereço, Comprovante de Renda, entre outros que podem variar de acordo com a instituição. É importante que o seu nome esteja limpo para conseguir a aprovação.

Vantagens

A principal vantagem do financiamento em relação a outras modalidades de compra, como o consórcio e a compra à vista, é que, em relação ao primeiro, o imóvel é entregue imediatamente (com exceção de compras feitas na planta), e para o segundo, que você não se descapitaliza.

Riscos

O principal risco do financiamento é perder o imóvel por conta da falta de pagamento. Essa falta de pagamento pode ser originada por vários motivos, como a ausência de um planejamento adequado para fazer a compra, além da desatenção em relação aos juros das parcelas. Além disso, outros cuidados devem ser tomados na compra do imóvel, como análise da documentação e da estrutura física, por exemplo.

Escolha da modalidade de financiamento e instituição

Antes de efetivar um financiamento, você deve escolher com bastante cautela a modalidade e instituição de financiamento que mais ofereça vantagens para o modelo que é mais viável para o seu bolso e para o seu perfil de comprador.

Sendo assim, o financiamento de casa é uma alternativa bastante interessante para quem deseja adquirir o imóvel próprio. Para que isso seja feito sem maiores problemas e aproveitando ao máximo as vantagens da modalidade, sugerimos que as dicas apresentadas ao longo do texto sejam seguidas.

Agora que você já sabe como funciona o financiamento e quais são as principais informações para responder às principais dúvidas existentes, deixe um comentário neste post caso ainda tenha alguma dúvida, sugestão ou contribuição sobre o assunto!

Escreva um comentário