Morar sozinho é uma conquista que traz uma sensação de liberdade e independência. Porém, essa nova fase também vem acompanhada de responsabilidades e todo um mundo novo de descobertas de quem está iniciando uma vida por conta própria. Mas qual é a realidade? Como é morar sozinho realmente?

A seguir, você vai conhecer alguns desafios que quem mora sozinha enfrenta e dicas para iniciar esse período com tranquilidade, planejamento e zero estresse. Continue a leitura e confira!

A verdade sobre como é morar sozinho

Quem passou na faculdade e vai morar só em outra cidade sabe o gosto da conquista dessa fase, e é importante aproveitá-la, já que você merece isso! Mas depois de comemorar, é importante pensar sobre alguns pontos que envolvem viver dessa maneira, para não ter surpresas no futuro. Confira algumas delas.

1. Gastos exagerados podem comprometer o início da sua vida só

Quando se mora com os pais, as despesas maiores sempre ficam por conta deles, que, na maioria das vezes, são os principais provedores da família. Porém, quando se vai alçar novos voos fora de casa, é importante saber ter limites nos gastos e controlar sua vida financeira.

Mesmo que no início você tenha ajuda dos pais, é essencial saber controlar o dinheiro que é recebido e dar prioridade às contas da casa e compras e, se sobrar, guardar um pouco para gastos inesperados.

Esse é o início da sua vida com mais responsabilidades, então nada melhor do que ficar longe de dívidas e saber organizar seu dinheiro para que não falte.

2. Organização é fundamental

Um tênis deixado na sala em um dia acumula com a mochila no chão e as contas que chegaram sobre a mesa: quando você se dá conta, a casa está bagunçada! É preciso perder algumas horas para colocar tudo no lugar.

A dica aqui é, sempre que chegar em casa, colocar seus pertences em seus devidos lugares, lavar a louça assim que acabar de comer e arrumar a cama de manhã. Assim, você mantém a casa arrumada com pequenos hábitos, sem precisar tirar horas para reorganizá-la.

3. Cozinhar é preciso

Esse é outro desafio de muitas pessoas que se perguntam como é morar sozinho. Muitas vezes, quem mora com os pais ainda não sabe preparar uma variedade de comida para as refeições. Mas, para sair dos clichês macarrão instantâneo, ovo frito e pipoca, é preciso aprender a preparar alguns pratos.

Se você tem uma rotina corrida, uma boa dica é cozinhar no início da semana e dividi-la em porções. Você pode deixar as refeições dos dois primeiros dias na geladeira e congelar as demais.

Assim, você sempre tem comida fresquinha, evita cair na tentação de comer fora ou pedir e gastar demais – além disso, aprimora seus dotes culinários. Afinal, a prática é o verdadeiro segredo para saber cozinhar bem.

4. Tarefas domésticas precisam ser cumpridas

Além da organização que já foi citada anteriormente, a limpeza da casa também é muito importante. A dica é tirar um dia da semana para fazer a faxina mais pesada, ou seja, lavar banheiro, a cozinha e passar pano na casa. Nos outros dias, passe aspirador e tire o pó dos móveis e das bancadas para manter a casa limpa. Assim, você fica sempre em um ambiente agradável e evita o acúmulo de poeira!

As dúvidas sobre como é morar sozinho são muitas, certo? Mas tendo em vista quais são as dificuldades e os principais desafios, fica mais fácil preparar-se para o que está por vir e aproveitar essa nova fase que é essencial para o crescimento pessoal.

Quer receber informações sobre imóveis em primeira mão? Assine nossa newsletter e receba tudo por e-mail!

Escreva um comentário